Feeds:
Posts
Comentários

O Encerramento das oficinas de educação ambiental realizadas pelas polonesas Alicja e Joana ocorreu na escola de Administração da UFBA, na manhã de sábado do dia 14 de novembro de 2009.

O evento contou com a participação de pessoas essenciais para o projeto, como Ruth Aragão, coordenadora do Grupo Ambiental do Colégio Oficina, no qual o projeto aconteceu por 2 anos consecutivos, além da presença dos alunos do Manoel Novaes e Antônio Vieira, membros da AIESEC, as trainees Joana e Alicja e a mais nova trainee Tatiana, que trabalhará no projeto nos próximos 2 meses.

Foram apresentados os resultados do projeto no semestre, desde o trabalho realizado pelas intercambistas junto aos alunos, até os resultados de aparições em mídia, eventos realizados como o 350, limpezas de praias e trilha ecológica. Além disso, depoimentos dos alunos que participaram, de membros da AIESEC que receberam os intercambistas do projeto e que acompanharam a estadia deles em Salvador deram um toque especial ao encerramento do projeto nesse semestre.

Anúncios

Encerramento do Projeto Impactos 2009.2

Convite Encerramento Vieira

tatiPara continuar o trabalho realizado pelas intercambistas Joana e Alicja, Uma nova intercambista da Guatemala desembarca em Salvador no dia 9 de novembro.

Tatiana, 26 anos, continuará as oficinas do Colégio Manoel Novaes durante o mês de novembro, e no Colégio Antônio Vieira, trabalhará para implantar uma coleta seletiva no Colégio, após a educação e sensibilização ambiental realizada por Alicja e Joana com os alunos.

SALVADOR BA BRASIL Farol da Barra 2

Um dos 5.200 Eventos Simultâneos em 181 Países

Mesmo com a chuva do dia 24 de Outubro, pessoas de Salvador se juntaram no Farol da Barra para uma das mais de 5200 ações simultâneas em todo o mundo. Pessoas de 181 países reuniram-se para o maior dia de ação ambiental na história do planeta para exigir uma posição em termos de mudanças climáticas. A ação aconteceu em nome do 350.org a partir de uma iniciativa do Projeto Impactos, da AIESEC.

350.org é uma campanha internacional dedicada à criação de um tratado de clima igualitário que traga o dióxido de carbono abaixo das 350 partes por milhão. Segundo cientistas, 350 ppm é o limite seguro de CO2 para a humanidade.
Embora os atuais níveis estejam já nos 390, se pusermos no carbono um preço suficientemente alto para pararmos de usá-lo tanto, ao mesmo tempo que damos aos países pobres uma hipótese justa de desenvolverem, poderemos inverter a tendência, desenvolver uma energia baseada em energias limpas e evitar danos graves no longo prazo.

Daqui a algumas semanas, os governos irão se encontrar em Copenhague, na Dinamarca, para a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 15), para criar um novo tratado de clima. Esta é a melhor hipótese que temos para influenciar o tratado e garantir que ele nos coloque num caminho rápido para as 350.

Ticiana Figueirêdo, coordenadora do Impactos, declara a causa da adesão ao movimento 350: “O Projeto Impactos teve a iniciativa de promover esta ação, pois sabemos da importância de envolver a sociedade civil nas negociações internacionais sobre mudanças climáticas. Pensamos, principalmente, no engajamento das crianças e jovens que participam do Impactos, pois estes que serão os futuros agentes de mudança da sociedade e sofrerão as conseqüências de uma decisão que venha a ser tomada acerca das questões climáticas.”

Em Salvador, a ação constitui-se na formação de um grande 350 humano na frente do ponto turísticopara chamar a atenção para a necessidade de um dramático acordo a nível internacional para reduzir as emissões de carbono. O movimento teve a adesão de aproximadamente 60 pessoas, destacando a NASPEC, a AIESEC, alem de turistas, jovens, crianças e idosos.

Um dos Mais de 4.000 Eventos Simultâneos em Mais de 170 Países

Neste sábado, 24 de outubro, pessoas de Salvador se juntarão no Farol da Barra, das 10h às 12h, para uma das mais de 4.000 ações simultâneas em mais de 170 países, organizadas pela 350.org, no maior dia de ação global alguma vez feito para exigir ação em termos de mudanças climáticas. A partir de uma iniciativa do Projeto Impactos, com alunos do Colégio Vieira e Manoel Novaes, e da AIESEC Salvador, vamos fazer uma ação em nome do 350.org.

350 png


Nessa última semana, duas intercambistas embarcaram da Polônia com destino ao  Projeto Impactos.

trainessJoana e Alicja vão trabalhar no Colégio Antônio Vieira e no Colégio Estadual Manoel Novaes  realizando oficinas de lixo e reciclagem. A intenção é que durante os próximos dois meses, as intercambistas, juntamente com mais dois que estão para chegar em Salvador, consigam sensibilizar os alunos do ensino fundamental e médio, para que estes possam adotar a coleta seletiva e implementar um grupo ambiental no Colégio.

Durante a próxima semana, as Alicja e Joana serão capacitadas sobre os problemas ambientais de Salvador por nossos parceiros: a ONG Ambiental Gambá e a Faculdade Área 1.

O Encerramento do Projeto Impactos realizado nos Colégios Oficina e Serravale ocorreu de forma criativa. 10621_129707107562_590347562_2853915_2272156_n
Os alunos que participaram das oficinas de teatro ambiental da trainee da AIESEC Cláudia Viegas Duarte, apresentaram as peças teatrais na quadra do Colégio Oficina no Dia 3 de Setembro.

A Peça do Colégio Oficina foi uma releitura de “Romeu e Julieta”. Um Romeu e Julieta Ambiental, pode-se dizer. Os alunos puderam aprender sobre o meio ambiente de forma lúdica, com inovação, criatividade e muito humor.

Na representação, os atores encenaram duas famílias: uma ecológica e outra não. No decorrer da peça, foi mostrado os problemas ambientais do cotidiano, a consciência dos humanos e possíveis soluções e ações para um meio ambiente sustentável.
Ao fim, os alunos propuseram uma solução ambiental para os problemas unindo a sustentabilidade com o mundo moderno, finalizando a peça com o acordo entre as famílias de Romeu e Julieta.

No Colégio Serravale, a inovação e a criatividade não ficaram para trás. Os alunos optaram por criar uma peça completamente nova, demosntrando os problemas cotidianos da cidade e das salas de aula.
Dessa vez, a representação girou em torno de um triângulo amoroso, em que dois rapazes disputavam o amor de uma garota que estava construindo um projeto ambiental dentro do Colégio. Porém, um dos rapazes só participa do projeto por causa da garota, mas ao fiinal, toma consciência dos problemas do meio ambiente.
Com humor e criatividade, os alunos conseguiram mostrar com eficiência o bom trabalho realizado durante as oficinas.

A solenidade de encerramento aconteceu no Colégio Oficina, pela noite.3897389409_e4e11b3319
Esiveram presentes pais dos alunos, as Coordenadoras dos Colégios, a Direção do Colégio Oficina, a AIESEC, a Área 1, a Trainee Cláudia Duarte e os alunos de ambos os colégios.
Além de apresentações sobre o projeto, a AIESEC e depoimentos dos alunos participantes das oficinas, os alunos do Colégo Oficina apresentaram a peça mais uma vez para os pais que não estavam presentes pela manhã.